Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unitau.br/jspui/handle/20.500.11874/227
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Avaliação da resistência adesiva de três tipos de cimentos resinosos frente à cerâmica a base de dissilicato de lítio
Other Titles: Evaluation of bond strength of three types of resin cements towards the interface of a lithium disilicate ceramic
Authors: Pinto, Manuel Carlos Araujo de Miranda
Abstract: Resumo: O presente estudo hipotetiza que cimentos resinosos com diferentes sistemas de ativação e mecanismo de condicionamento da estrutura dentária, têm a mesma resistência adesiva a uma cerâmica. Objetivos: avaliar a resistência de união de agentes de fixação resinosos, cimento resinoso autopolimerizável (C&B- Bisco), dual (Panavia F- Kuraray) e auto-adesivo (Relyx U-100-3M ESPE) frente a uma cerâmica a base de dissilicato de lítio (IPS Empress-Ivoclar Vivadent). Metodologia: nove blocos de cerâmica e 9 de compósito foram confeccionados com dimensões 6mmx6mmx6mm e fixados por meio de um agente de fixação resinoso (Panavia F, C&B, RelyX U-100). As superfícies da porcelana e do compósito foram tratadas, o sistema adesivo e o agente de fixação resinoso foram aplicados. O bloco de compósito foi posicionado e foi realizada a fotoativação, por quarenta segundos, em cada face dos blocos. Todas as amostras foram armazenadas em água deionizada a 37ºC por vinte e quatro horas. As amostras foram fixadas às placas de acrílico e seccionadas em uma cortadeira metalográfica. Foram obtidas fatias em forma de palito com 1mm de espessura, num total de 15 por grupo. Decorrido trinta dias foram submetidos ao ensaio de microtração em uma máquina de ensaio universal Kratos e os resultados analisados estatisticamente. O padrão de fratura foi analisado em lupa estereoscópica, classificados quanto ao tipo. Resultados: O cimento de dupla cura (Panavia F) apresentou maior resistência adesiva. O cimento auto-adesivo (Relyx U- 100- 3M ESPE) apresentou adesão inferior aos outros cimentos do estudo. A maioria das fraturas ocorreu dentro da zona adesiva, caracterizando a eficiência e confiabilidade deste teste, na avaliação dos cimentos. Conclusões: O agente de fixação auto-adesivo apresentou adesão inferior aos outros e o cimento dual se apresentou um pouco melhor que o quimicamente ativado.
Abstract:This study hypothesized that resin cements with different activation modes and mechanisms have the same bond strength towards ceramic interface. Objectives: To evaluate the tensile bond strength of resin-fixing agent, self cured resin cement (C & B, Bisco), dual cement (Panavia, Kuraray) and self-adhesive (Relix U-100) towards the base of a ceramic of lithium disilicate (IPS-Empress Ivoclar Vivadent). Methodology: Nine blocks of ceramics and composite resins were prepared with dimensions 6mmx6mmx6mm. The surface of the porcelain and the composite was treated and the fixing agent (Panavia, C & B, ReLyX U-100), was applied. The composite block was photopolymerized for forty seconds on each side of the block. All samples were stored in deionized water at 37°C for twenty-four hours. Afterwards, samples were cut to form matchstick slices 1mm -thick, with a total de 15 per group (n=15). The samples were submitted to microtensile testing at a Kratos universal testing machine (0.05mm/min) and the results were analyzed statistically. The pattern of fracture was observed in stereoscopic and classified. Result: The dual-cure cement (Panavia F) showed higher bond strengths whereas the self-adhesive cement (Relyx U-100) showed the lowest bond strength among groups. Most of the fracture occurred inside the adhesive interface, characterizing the efficiency and reliability of this test in the evaluation of cements. Conclusions: The self-adhesive cement exhibited lower bond strength compared to the other agents. The dual cured cement system presented a slightly better performance than the self-cured cement.
Keywords: Cerâmica
Cimentos resinosos
Cimentos odontológicos
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: Português
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade de Taubaté
metadata.dc.publisher.initials: UNITAU
metadata.dc.publisher.department: Departamento de Odontologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.rights.uri: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0
URI: http://repositorio.unitau.br/jspui/handle/20.500.11874/227
Issue Date: 2009
Appears in Collections:Dissertações – Odontologia - PPGO

Files in This Item:
File SizeFormat 
Manuel Carlos Araujo de Miranda Pinto.pdf1.33 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons