Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unitau.br/jspui/handle/20.500.11874/1002
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Efeito do tratamento de superfície e do nível de reaproveitamento sobre as propriedades mecânicas de um sistema cerâmico prensado
Other Titles: Effect of the surface treatment and repressing level on the mechanical properties of a pressable ceramic system
Authors: Andrade, Alexandra Tavares
Abstract: Resumo: Objetivo: Verificar a influência do nível de reaproveitamento e do tratamento de superfície sobre a resistência à flexão e microdureza Vickers de um sistema cerâmico prensado. Material e métodos: Foram utilizados sessenta corpos-de-prova do sistema cerâmico prensado IPS e.max (Ivoclar-Vivadent). Os corpos-de-prova (25X4X1,2mm) foram confeccionados seguindo a especificação ISO 6872, de acordo com o nível de reaproveitamento da cerâmica: GI – 100% nova, GII – 50% nova + 50% reaproveitada, GIII - 100% reaproveitada, GIV – GI + ácido hidrofluorídrico, GV – GII + ácido hidrofluorídrico e GVI – GIII + ácido hidrofluorídrico. Foi realizado o teste de resistência à flexão de três pontos (n=10), conforme especificação ISO 10477 e ISO 6872. A microdureza Vickers foi mensurada em cinco corpos-de-prova de cada grupo, sob carga de quinhentos gramas por dez segundos. Os resultados foram submetidos ao teste de normalidade e posteriormente a ANOVA e post-hoc teste de Tukey, com nível de significância de 5%. Resultados: Os valores médios de microdureza variaram de 436,90 (GIV) a 605,97 (GII). Não foram observadas diferenças quanto ao nível de reaproveitamento, e o ácido reduziu estatísticamente os valores de dureza, para todos os grupos em estudo. Os valores médios de resistência a flexão variaram de 455,70 (GIV) a 500,56 (GIII). Não foram observadas diferenças estatísticas entre os grupos avaliados quanto ao nível de reaproveitamento e aplicação do ácido hidrofluorídrico. Conclusões: O reaproveitamento, total ou parcial, não exerceu influência sobre as propriedades mecânicas avaliadas. O condicionamento com ácido reduziu estatísticamente os valores de dureza, sem efeito sobre os resultados de resistência à flexão.
Abstract: Objective: the aim of the present study was to observe the influence of the repressing level of ceramic and of the surface treatment on the flexural strength and Vickers microhardness of a pressable ceramic system. Material and methods: Sixty samples of a pressable ceramic system (IPS e.max - Ivoclar- Vivadent) were confectioned, with dimensions of 25X4X1.2mm, following specification ISO 6872, according to the level of repressing: GI - 100% new ceramic, GII - 50% new + 50% repressed, GIII - 100% repressed, GIV - GI + etching using hydrofluoric acid, GV - GII + etching using hydrofluoric acid and GVI - GIII + etching using hydrofluoric acid. Flexural strength test was accomplished by a three-point test, according to specification ISO 10477 and ISO 6872. Vickers microhardness was measured in five samples to each group, under load of five hundred grams for ten seconds. Results were submitted to ANOVA and Tukey post-hoc test, with level of significance of 5%. Results: Mean values of microhardness ranged between 436,90 (GIV) and 605,97 (GII). Statistical differences were not observed for the repressing level, but etching using hydrofluoric acid reduced statistically the mean values of hardness, for all groups. Mean values of flexural strength varied from 455,70 (GIV) to 500,56 (GIII). Statistical differences were not observed among the tested groups for repressing level and etching using hydrofluoric acid. Conclusions: Repressing the ceramic, totally or partially, did not influence the evaluated mechanical properties. Etching using hydrofluoric acid reduced statistically hardness values, with no effect on the flexural strength mean values.
Keywords: Resistência à flexão
Microdureza Vickers
Porcelana odontológica
Prótese parcial fixa
Cerâmica
Tratamento de superfície
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: Português
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade de Taubaté
metadata.dc.publisher.initials: UNITAU
metadata.dc.publisher.department: Departamento de Odontologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.rights.uri: https://creativecommons.org/publicdomain/zero/1.0/deed.pt_BR
URI: http://repositorio.unitau.br/jspui/handle/20.500.11874/1002
Issue Date: 2010
Appears in Collections:Dissertações – Odontologia - PPGO

Files in This Item:
File SizeFormat 
Alexandra Tavares Andrade.pdf902.35 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons