Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unitau.br/jspui/handle/20.500.11874/230
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Avaliação da resistência de união da interface cerâmica Y-TZP/dentina humana utilizando diferentes agentes de cimentação e tratamento de superfície
Other Titles: Evaluation of bond strength of Y-TZP / dentin ceramic interface using different cementing agents and surface treatments
Authors: Silva, Isabela da Rocha
Abstract: Resumo: Hipótese do estudo: A hipótese do presente estudo é de que o cimento resinoso autoadesivo U200 apresente melhores valores de resistência adesiva entre os substratos zircônia Y-TZP/dentina humana, em comparação com o cimento resinoso convencional C&B Cement, utilizando dois tratamentos de superfície distintos (jateamento com óxido de alumínio e silicatização (Rocatec) na superfície da zircônia; e que o tratamento de superfície influencie positivamente os resultados de resistência adesiva. Objetivos: Avaliar por meio de teste de microcisalhamento a resistência adesiva da zircônia Y-TZP cimentada à dentina humana utilizando diferentes agentes de cimentação e tratamentos de superfície. Método: Foram utilizados 42 molares humanos recém extraídos, incluídos 2/3 de suas raízes em resina acrílica. A superfície oclusal foi desgastada até exposição da dentina média, tratada de acordo com as recomendações dos fabricantes dos cimentos. Quarenta e dois blocos de zircônia Y-TZP (10x10x3mm) foram divididos aleatoriamente em três grupos de acordo com o tratamento de superfície (sem tratamento-controle, jateamento com óxido de alumínio-Al2O3 ou silicatização-Rocatec). Todos os blocos de zircônia foram cimentados seguindo as recomendações dos fabricantes e divididos em seis grupos combinando os diferentes tratamentos de superfície e agentes de cimentação. Os espécimes foram armazenados em água destilada 37°C por 24h e após este período foram submetidos ao teste de microcisalhamento em máquina de ensaios universal (Shimadzu AGX) com velocidade constante de 0,5mm/min até ocorrer fratura da interface. Os valores foram obtidos em Mpa e as superfícies de fraturas avaliadas e classificadas em: adesiva, coesiva e mista. As médias dos valores de resistência de união e a porcentagem das fraturas foram calculadas, e os valores submetidos à análise estatística, utilizando os testes Análise de Variância (two way) e pos-hoc teste T de Student, adotando p<0,05. Resultados: Quanto ao agente de cimentação os resultados obtidos para os grupos sem tratamento de superfície o cimento autoadesivo U200 apresentou melhor performance quando comparado ao cimento convencional C&B Cement; os grupos submetidos ao jateamento com Al2O3 e Rocatec não apresentaram diferença estatística entre os cimentos U200 e C&B Cement. Quanto à analise de superfície, os grupos cimentados com C&B e U200 apresentaram predominantemente falhas de natureza mista. Conclusão: Com base nos resultados encontrados no presente estudo foi possível concluir que o tratamento de superfície que melhor influenciou a resistência adesiva foi o jateamento com Al2O3, atendendo melhor os dois agentes de cimentação. Quanto ao agente de cimentação o U200 apresentou os melhores resultados sem tratamento de superfície. O C&B Cement e U200 apresentaram valores semelhantes com a superfície jateada com Al2O3. Para o Rocatec, os cimentos U200 e C&B Cement apresentaram valores semelhantes, entretanto menores do que os valores conseguidos para o Al2O3.
Abstract: Study hypothesis: The hypothesis of this study is that the resin cement Self Adhesive U200 present best values of bond strength between zirconia substrates Y-TZP / dentin compared to conventional resin cement C & B Cement, using two surface treatments distinct (sandblasting with aluminum and silica coating (Rocatec) oxide on the surface of zirconia, and the surface treatment positively influence the bond strength. Objectives: To assess via microshear test the bond strength of zirconia Y-TZP cemented to dentin human using different cementing agents and surface treatments. Method:. freshly extracted human molars 42, including two thirds of its roots in acrylic resin were used the occlusal surface was worn until the middle dentin exposure, treated according to the recommendations of the cement manufacturers. Forty-two blocks of Y-TZP zirconia (10x10x3mm) were randomly divided into three groups according to the surface treatment (untreated control, blasting with aluminum oxide or silica coating-Al2O3-Rocatec). All zirconia blocks were cemented following the manufacturers' recommendations and divided into six groups combining different surface treatments and cementing agents. The specimens were stored in distilled water 37 ° C for 24 h and after this period underwent microshear test in a universal testing (Shimadzu AGX) machine with constant speed of 0.5 mm / min until fracture occurs interface. The values were obtained in MPa and the fracture surfaces evaluated and classified as: adhesive, cohesive and mixed. The average values of union strength and the percentage of fractures were calculated, and values subjected to statistical analysis using analysis of variance tests (two way) and post-hoc Student's t test, considering p <0.05. Results: Regarding the cementing agent the results for the groups without surface treatment U200 self-adhesive cement showed better performance when compared to conventional cement C & B Cement; groups subjected to blasting with Al2O3 and Rocatec showed no statistical difference between the U200 and cements C & B Cement. As for the analysis of surface groups cemented with C & B and U200 were mostly mixed nature of failures. Conclusion: Based on results of this study it was concluded that the surface treatment that best influenced the bond strength was blasting with Al2O3 to better serve the two cementing agents. As the cementing agent U200 showed the best results without surface treatment. The C & B Cement and U200 showed similar values with the surface sandblasted with Al2O3. Rocatec to the U200 and cement Cement B & C showed similar, though lower than the values obtained for Al2O3 values.
Keywords: Porcelana odontológica
Óxido de alumínio
Resistência ao cisalhamento
Resistência de união
Cimento resinoso
Tratamento de superfície
Adesão
Prótese dentária
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: Português
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade de Taubaté
metadata.dc.publisher.initials: UNITAU
metadata.dc.publisher.department: Departamento de Odontologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.rights.uri: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0
URI: http://repositorio.unitau.br/jspui/handle/20.500.11874/230
Issue Date: 2014
Appears in Collections:Dissertações – Odontologia - PPGO

Files in This Item:
File SizeFormat 
Isabela Rocha.pdf874.51 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons